NBA: Blake Griffin anuncia reforma do basquetebol aos 35 anos

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

NBA: Blake Griffin anuncia reforma do basquetebol aos 35 anos

Blake Griffin em ação pelos Celtics na última temporada da NBA
Blake Griffin em ação pelos Celtics na última temporada da NBAAFP
Blake Griffin, primeira escolha do Draft da NBA em 2009 por parte dos Los Angeles Clippers, anunciou a sua reforma esta terça-feira. O agora ex-jogador termina a carreira aos 35 anos e ao serviço dos Boston Celtics, de Neemias Queta.

Blake Griffin anunciou a decisão através de uma carta emotiva dedicada aos fãs, familiares e companheiros de jornada nas redes sociais. A notícia apanhou muitos de surpresa, apesar de extremo não jogar desde o fim da temporada passada, quando os Celtics acabaram eliminados dos play-offs. 

Houve uma tentativa por parte da direção de Boston para que o jogador regressasse, mas Griffin já estava a preparar o terreno para o anúncio oficial da reforma. 

"Sou grato por cada momento – não apenas pelos bons: pelas vitórias, pelos prémios, pelos afundanços e pelos momentos memoráveis ​​passados ​​com a família, amigos, adeptos, companheiros de equipa e treinadores", escreveu Griffin. 

O extremo foi selecionado seis vezes como All Star da NBA, ganhou o Rookie of the Year em 2011 e ainda ganhou um concurso de afundanços, a sua especialidade, no mesmo ano. Apesar dos momentos icónicos, o ex-jogador sofreu também com lesões que afetaram a sequência da sua carreira e que pesaram na decisão de dizer adeus ao basquetebol. 

"Sou igualmente grato pelos momentos não tão bons: as perdas, as lesões, as muitas cirurgias, as lições, as tristezas, e não seria uma carta de despedida desportiva sem reconhecer os "haters". Todas essas experiências tornaram os meus 14 anos na liga verdadeiramente inesquecíveis, e não posso deixar de me sentir grato. O jogo de basquetebol deu-me muito nesta vida e eu não mudaria nada", concluiu Griffin. 

Ao lado de Chris Paul nos Los Angeles Clippers, Blake Griffin proporcionou grandes momentos aos fãs de basquetebol. Foi sempre reconhecido pelo espírito agregador e pela liderança. Além da franquia da Califórnia e dos Celtics, Griffin também atuou nos Detroit Pistons e Brooklyn Nets