Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Do AC Milan ao Génova: Por quem torcem os melhores tenistas do mundo?

Sinner com uma camisola especial do Milan durante o jogo com o Borussia Dortmund
Sinner com uma camisola especial do Milan durante o jogo com o Borussia DortmundProfimedia
Se Sinner é conhecido pela sua paixão pelo AC Milan, um pouco à semelhança de Djokovic, há outros tenistas no top 10 que são ávidos adeptos de futebol. Até do modesto Génova.

Quase tudo se sabe sobre Jannik Sinner, dada a enorme exposição após a vitória no Open da Austrália. Sabe-se quem são os seus pais, o que fez em criança, os hobbies, os amigos. Sabe-se também, nunca foi seguredo, a equipa de futebol preferida: o AC Milan.

Numa entrevista ao Corriere della Sera, Jannik explica como nasceu esta paixão: "O meu colega de quarto em Bordighera era um ávido adepto do ACMilan, por isso também me tornei apaixonado. Ídolo? Obviamente, Zlatan Ibrahimovic: "Gosto do Ibra porque é capaz de ir além do desporto", explicou Sinner na mesma entrevista.

O "Forza Milan" escrito por Sinner na máquina fotográfica após a sua vitória contra Fognini na Internazionali di Roma, a 11 de maio, tornou-se viral. Um gesto que não foi por acaso: o tenista da Ligúria, seu adversário, é adepto do rival Inter.

Uma paixão rossonera que não agradará a um dos treinadores dos Carota Boys, os seis rapazes piemonteses que são adeptos de Sinner, agora famosos em todo o mundo. De facto, desde meados de janeiro, o grupo formou uma parceria com a empresa ativa no mundo do marketing e da comunicação desportiva, Oltre Consulting, que os apoiará na gestão e na comunicação, com projectos editoriais e de mechandising. Um dos sócios da Oltre Consulting é o vice-presidente do Inter, Javier Zanetti.

Que equipa apoiam os outros tenistas?

Se Sinner apoia o AC Milan, a paixão pela equipa rossoneri do seu adversário número 1, Novak Djokovic, também é conhecida. Mais uma vez, é o sérvio que explica o motivo numa entrevista:"Porque é que sou adepto dos Rossoneri? Por causa do meu pai e de Savicevic, o Génio". Razão pela qual os rossoneri retribuíram com um post no X após a vitória no Atp Finals, precisamente contra Sinner: "Parabéns a Djokovic, sete vezes campeão do ATP Finals. Orgulhoso de ti e do Sinner".

Também no seu caso, o ídolo é Zlatan Ibrahimovic: "Melhor futebolista de sempre? Pôs-me na berlinda. O meu preferido é o Zlatan Ibrahimovic. Adoro o Zlatan, é meu amigo, por isso tenho de o escolher. Quanto ao melhor, não consigo escolher um entre Pelé, Maradona, Ronaldo, Cristiano Ronaldo e Messi", disse Djokovic em Wimbledon.

A paixão pelo futebol também é forte para Carlos Alcaraz, um conhecido adepto do Real Madrid. Alcaraz, que jogou futebol de cinco até aos 10 anos de idade, continua a aproveitar para dar uns pontapés na bola sempre que pode. O seu sonho é ver um dia Kylian Mbappé com a camisola merengue, mas entretanto "consola-se" com Jude Bellingham, por quem tem um carinho especial.

"Estou muito feliz por o ver jogar no Real Madrid ", disse o espanhol ao jornalista que lhe pediu a sua opinião: "É um dos melhores jogadores do mundo. Tenho a certeza de que será o melhor jogador do mundo na sua função. Falei um pouco com ele e é também uma pessoa excecional. Portanto, é um homem completo".

No final de uma sessão de treino no último torneio de Wimbledon, Alcaraz teve também a surpresa de receber a camisola da sua equipa favorita de um adepto, a quem agradeceu com um forte aperto de mão. " Muito obrigado", disse o campeão com um largo sorriso.

Por outro lado, o russo Daniil Medvedev, número 3 do mundo, gosta muito do Bayern de Munique e o clube bávaro retribuiu as felicitações após o seu triunfo no Masters com um pequeno filme que mostrava uma camisola personalizada com o número 1 e o nome de Medvedev nas costas.

O tenista russo acompanha regularmente os resultados e as notícias do clube alemão e, na altura da entrevista, os seus jogadores preferidos eram David Alaba e Robert Lewandowski. O avançado polaco foi provavelmente substituído no seu coração por Harry Kane.

Fã do Bayern é também Alexander Zverev, que em dezembro comprou a Ultimate Bayern Experience ao preço de 9000 euros para acompanhar o Bayern em Manchester contra o United na Liga dos Campeões. Um pacote exclusivo que permite a quem o compra viver um jogo fora de casa no mesmo voo que a sua equipa favorita: o pacote inclui viagem, entrada no treino antes do jogo e jogo.

O objetivo, no entanto, era caritativo: uma angariação de fundos para crianças e jovens que sofrem de diabetes, um problema sentido pelo tenista alemão que sofre de uma forma do tipo 1 desde os 3 anos de idade.

O número 5 da ATP, Andrey Rublev, por outro lado, é adepto do Barcelona. Em 2021, depois de jogar o torneio Comte de Godò na cidade catalã, que fica ao lado do Camp Nou, ele decidiu visitar o lendário estádio para algumas fotos e também se encontrou com o presidente Joan Laporta. Na ocasião, Rublev disse que assiste ao Barça sempre que pode e que é amigo de Gerard Piqué.

Uma paixão invulgar para Stefanos Tsitispas. O tenista grego é, de facto, adepto do Génova. No Masters 1000 de Monte Carlo, o atual número 10 do ranking explicou as razões desta escolha: "Torço pelo Génova desde criança, tudo começou quando jogava videojogos: decidi que seria a minha equipa italiana a apoiar". E expressa um desejo:"Gostaria muito de um dia poder ir ver um jogo e aplaudi-los pessoalmente".