Começa a nova era de Deco no Barcelona: as prioridades do português em Camp Nou

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Começa a nova era de Deco no Barcelona: as prioridades do português em Camp Nou
Deco foi a aposta de Laporta para dirigir a equipa desportiva do Barcelona
Deco foi a aposta de Laporta para dirigir a equipa desportiva do Barcelona
FC Barcelona
A era Alemany terminou e começa, agora, de forma oficial, a era Deco. O Barcelona deu uma reviravolta na sua direção desportiva e o antigo internacional português vai ser apresentado oficialmente esta quarta-feira como novo diretor desportivo do clube. No fecho do mercado, trabalhou ao lado de Alemany para agilizar as entradas e saídas, mas a mudança é agora efetiva e Deco será, para todos os efeitos, o novo responsável pelo departamento desportivo do clube. Deco já participou na sua primeira reunião de direção antes de ser oficialmente apresentado.

Deco, antigo internacional português, é agora o único responsável pelo futebol do Barcelona. As primeiras tarefas a serem resolvidas já vinham sendo preparadas há muito tempo e Deco desempenhou um papel de liderança. Agora, porém, tem de fechá-las definitivamente. Xavi, Lamine Yamal, Balde e De Jong são os nomes em cima da mesa.

A primeira tarefa urgente a resolver é a renovação de Xavi Hernandez. O treinador tem vínculo por apenas mais uma temporada, até junho 2025. A ideia do presidente era vincular a continuidade do treinador ao seu mandato, que termina em 2026, mas tal acabou por não se verificar.

No caso de Balde e Lamine, as renovações já foram assinadas, mas ainda não foram anunciadas. O defesa foi contratado até 2028, enquanto o avançado, até 2026.

Mateu Alemany colocou a fasquia alta a todos os níveis. Deco tem um desafio difícil pela frente para igualar o trabalho do seu antecessor.