Procura-se recordista da maratona: prémio, um milhão de euros

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Procura-se recordista da maratona: prémio, um milhão de euros
Largada de elite da Maratona de Valência 2023
Largada de elite da Maratona de Valência 2023
Maratón Valencia
Depois de mais uma histórica Maratona de Valência, Juan Roig garantiu que o atleta que bater o recorde mundial da distância (2:00:35) nas ruas da cidade do Turia receberá um milhão de euros como prémio.

"Paco (Borao), que contribuirá com metade, e eu, com a outra metade, queremos anunciar que, quando o recorde mundial for batido, a pessoa que bater o recorde mundial receberá um milhão de euros", disse o presidente executivo e acionista máximo da Mercadona, e proprietário do Valencia Basket, aos meios de comunicação social, após a conclusão da Maratona de Valência, que voltou a bater o recorde na categoria masculina (2:01:48 de Sisay Lemma).

Estas declarações abrem as portas para que o nível da corrida, já muito elevado, continue a aumentar nas suas próximas edições. Este ano conseguiram juntar-se a Kenenisa Bekele (4.º) e ao ugandês Joshua Cheptegei (37.º) e o objetivo é que Eliud Kipchoge corra em solo valenciano.

Voltando à recompensa que Roig e Borao estabeleceram para si próprios, é de salientar que ambos sempre estiveram empenhados no desenvolvimento do desporto na sua cidade, e este passo é apenas mais um degrau que vão subir para fazer chegar o nome de Valência a todo o mundo através do atletismo.

"Se ela o vencer em Valência, claro. Se não for em Valência, nada. Uma das ilusões sempre foi sonhar em bater o recorde mundial aqui", concluiu o empresário.