World Snooker Tour está a analisar a discussão verbal entre Ronnie O'Sullivan e Ali Carter

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
World Snooker Tour está a analisar a discussão verbal entre Ronnie O'Sullivan e Ali Carter
Ronnie O'Sullivan e Ali Carter durante a final
Ronnie O'Sullivan e Ali Carter durante a final
AFP
A discussão verbal de Ronnie O'Sullivan (48 anos) com o inglês Ali Carter (44), após o seu oitavo título de Masters no fim de semana, está a ser analisada pelo World Snooker Tour.

O'Sullivan acusou Carter de "não ser uma boa pessoa" e de precisar de aconselhamento, depois de o seu adversário ter criticado o seu comportamento durante a final no Alexandra Palace, em Londres.

Carter acusou o número um mundial de "ranho" - limpar o nariz - "pelo chão todo".

"Ele (Carter) tem problemas. Ele tem de ir resolver a sua vida", disse O'Sullivan, apelidado de "The Rocket", em resposta às alegações.

"Ele tem de ir a um conselheiro ou algo do género. Ele tem de lidar com isso, porque isso não é nada bom. Eu não falo com ele. Há 20 anos que não falo com ele. Joguei com ele quando era miúdo, partilhei muitas coisas com ele. Para ele vir falar mal de mim daquela maneira, toda a gente sabe como ele é, ele tem problemas. Por que é que ele tem problemas comigo? Eu não estou a ter. Não me interessa", acrescentou.

O'Sullivan, que teve um desentendimento com Carter em 2018, quando os dois jogadores se 'bateram no ombro' durante uma partida, também acusou o seu oponente de ser um pesadelo para jogar.

"Ele é um pesadelo. Ter de jogar snooker contra alguém assim é um pesadelo. Não é uma boa pessoa, não é uma boa vibração que ele deixa à volta da mesa", disse o sete vezes campeão do mundo.

Solicitado a comentar o último confronto entre O'Sullivan e Carter na terça-feira, um porta-voz do World Snooker Tour disse que os comentários "estavam a ser analisados".