Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Ivan Dodig, campeão de pares em Paris: "Tive de vir para o torneio num táxi durante 15 dias"

Dodig, campeão de pares em Paris ao lado de Krajicek
Dodig, campeão de pares em Paris ao lado de KrajicekAFP
A dupla formada pelo bósnio Ivan Dodig (38 anos) e pelo norte-americano Austin Krajicek (32) triunfou no torneio de pares de Roland Garros. Com esta conquista, consumaram a vingança do ano passado, quando jogaram e perderam a final contra Marcelo Arévalo e Jean-Julien Roger, depois de derrotarem Marcel Granollers e Horacio Zeballos nas meias-finais.

Desta vez, depois de eliminarem o espanhol e o argentino novamente na penúltima ronda do torneio de duplas, tiraram o espinho que carregavam há um ano com uma vitória por 6-3 e 6-1 na partida do título contra os belgas Sander Gille e Joran Vliegen em uma hora e 20 minutos.

Recorde as incidências da partida

O veterano Dodig quis, no entanto, enviar uma mensagem séria aos organizadores de Roland Garros, no meio da euforia contida.

"Este é o meu quarto troféu em Paris (ganhou dois em pares mistos), sou tetracampeão de Roland Garros e tenho sete títulos do Grand Slam (entre pares e mistos), mas estou triste porque não tive o tratamento que todos os desportistas deveriam ter", começou por dizer.

Ivan Dodig acena ao público depois de vencer a final
Ivan Dodig acena ao público depois de vencer a finalAFP

"Todos os jogadores têm de ser tratados de forma igual para competirem uns contra os outros. Entristece-me dizer isto, mas durante 15 dias vim para o torneio de táxi. Sentado no meio de uma rua de Paris para ir aquecer com o meu companheiro de equipa, esperei 40 minutos por um. É triste, senti-me como um turista em Paris. Sou tetracampeão de Roland Garros (repetiu) e este torneio devia tratar cada jogador e cada campeão como merece. Espero que no próximo ano faça melhor", avisou o tenista bósnio.

Roland Garros é o primeiro Grand Slam ganho por Dodig e Krajicek juntos.
Roland Garros é o primeiro Grand Slam ganho por Dodig e Krajicek juntos.AFP

É o primeiro Grand Slam que ganham como dupla. Dodig já havia sido campeão em solo parisiense em 2015, com o brasileiro Marcelo Melo e no Open da Austrália de 2021, ao lado do eslovaco Filip Polasek. Com Krajicek (32 anos), que se estreia em majors, conquistou, com este, seis títulos, três este ano (Roterdão, Monte Carlo e Roland Garros).

Krajicek não se conteve num momento de êxtase.

"A partir de agora, Roland Garros é o meu torneio preferido e Paris, a melhor cidade do mundo. A minha mulher é a minha rocha", disse o americano.