Voleibol: Portugal vence Roménia (3-0) na Golden League

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Voleibol: Portugal vence Roménia (3-0) na Golden League
Festa portuguesa em Santo Tirso
Festa portuguesa em Santo Tirso
Profimedia
A seleção portuguesa de voleibol venceu hoje, com facilidade, a Roménia por 3-0, com parciais de 25-22, 25-21 e 25-20, em encontro que durou apenas uma hora e 16 minutos, no Pavilhão Municipal Desportivo de Santo Tirso.

Num encontro relativamente acessível, a seleção das ‘quinas’ soube confirmar o seu favoritismo logo desde o primeiro ‘set’, e, apesar do equilíbrio inicial, decorrente de alguns erros, a formação portuguesa conseguiu fechar em 25-22, com aparente tranquilidade.

Se Portugal demorou a encontrar-se para se tornar eficaz, tanto no serviço como no ‘side-out’, a verdade é que nunca encontrou do outro lado um adversário capaz de oferecer uma grande oposição.

O início do segundo ‘set’ representou uma mudança de paradigma da partida, com os romenos a passarem uma desvantagem de 11-7 para uma igualdade a 14, que parecia reabrir a luta pelo resultado e, apenas os recorrentes erros não forçados permitiram aos lusos vencer o segundo parcial, com os ataques à rede de Lourenço Martins em plano de evidência.

A seleção portuguesa acabou por se distanciar na fase final do ‘set’, o melhor período da partida, conseguindo chegar à maior vantagem, de quatro pontos, para concluir o parcial em 25-21.

O terceiro e último ‘set’ acabou por ser o mais facilitado para os lusos, com a seleção romena já desgastada e resignada com o resultado negativo, não conseguindo discutir o resultado como havia feito até então.

Reveja aqui as principais incidências da partida

O conforto no marcador permitiu a Portugal tornar-se uma equipa mais tranquilo e bastante mais agressiva nos seus ataques, e a equipa chegou várias vezes a uma vantagem de sete pontos, que não deixava dúvidas quanto ao desfecho final.

Portugal procura repetir o feito de 2018, em que atingiu a 'final four'.

O primeiro classificado desta ‘final four’ irá disputar a Challenger Cup que, também em 2018, Portugal venceu, em Matosinhos, o que lhe permitiu disputar pela primeira vez a Liga das Nações em 2019.

Com este resultado, Portugal soma os primeiros três pontos na ‘pool’ A da Golden League, seguindo-se a receção à Turquia, também em Santo Tirso, na quarta-feira, às 20:00.

Com a difícil tarefa de se qualificar no grupo que inclui a todo-poderosa Turquia, seleção que derrotou Portugal e foi finalista vencida da competição em 2022, a equipa das ‘quinas’ procurava bater a Roménia, uma formação teoricamente mais acessível.

Os turcos, que, no palmarés, contam com os títulos de 2019 e 2021 deverão ser o principal obstáculo à passagem para a ‘final four’, para a qual apenas se qualifica o vencedor de cada ‘pool’ e o melhor segundo classificado, este último apenas caso a Croácia, seleção organizadora da fase final, vença o grupo B.

A ocupar o 16.º lugar do ranking europeu, enquanto Portugal é 15.º, os romenos estão em franco crescimento após terem vencido a Silver League europeia em 2022, ganhando dessa forma o direito de disputar a principal divisão.