Steve Kerr vê futuro nos Golden State Warriors para lá do final de contrato: "Quero ficar"

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Steve Kerr vê futuro nos Golden State Warriors para lá do final de contrato: "Quero ficar"
Kerr espera prolongar a sua estadia nos Warriors
Kerr espera prolongar a sua estadia nos Warriors
Profimedia
O treinador do Golden State Warriors, Steve Kerr, disse na passada segunda-feira que está confiante em permanecer no clube, apesar de ainda não ter assinado uma extensão do seu contrato atual.

Kerr, que levou os Warriors a quatro campeonatos da NBA desde que assumiu o cargo de treinador em 2014, está a entrar no último ano de contrato quando a temporada 2023/24 começa no final de outubro.

O jogador de 57 anos disse aos repórteres na segunda-feira, no entanto, que está relaxado sobre a assinatura de um novo acordo no futuro, confiante de que pode chegar a um acordo com o proprietário Joe Lacob e o novo gerente geral Mike Dunleavy Jr.

"Sinto-me muito bem com a minha posição aqui", disse Kerr. "Quero ficar aqui. Sei que o Mike e o Joe me querem cá e, por isso, estou muito confiante de que alguma coisa se vai fazer. Não estou de todo stressado com isso".

Kerr acrescentou que a incerteza quanto à sua situação contratual a longo prazo não o perturbou durante a época.

"Sou perfeitamente capaz de treinar, quer me reste um ano ou uma prorrogação", disse Kerr. "Não faz diferença. Mas espero estar aqui".

Dunleavy, entretanto, disse que os Warriors se sentiam à vontade para aguardar o momento certo antes de assinarem novos contratos com Kerr e com a estrela Klay Thompson. Thompson também está a entrar no último ano do seu contrato atual.

"Não há um prazo real no futuro imediato que tenhamos de respeitar, por isso vamos continuar a conversar. Mas o principal objetivo é garantir a segurança destes jogadores e penso que eles sentem o mesmo. Mas estamos optimistas e penso que estamos numa boa posição", disse Dunleavy.

Os Warriors reforçaram o seu plantel para a próxima época com a adição do veterano Chris Paul, 12 vezes All-Star, que assinou contrato com Phoenix.

Kerr disse que o jogador de 38 anos já causou uma boa impressão durante o período de entressafra.

"Gosto muito do Chris porque ele gosta de telefonemas e não de mensagens de texto", disse Kerr. "Chris é da velha guarda. Ele quer conversar. Tivemos quatro ou cinco conversas fantásticas este verão. Obviamente, tivemos muitas batalhas ao longo dos anos".

"Por isso, estou entusiasmado por treiná-lo. Ele é um dos maiores competidores que já vi; o seu domínio do jogo, a forma como controla a ação. Ele sabe o que é vencer. Estou muito entusiasmado por treinar o Chris e sei que ele está muito entusiasmado por estar aqui", rematou.