Alexsandro abriu caminho e Bayo confirmou a vitória ao Lille em Toulouse (2-0)

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Alexsandro abriu caminho e Bayo confirmou a vitória ao Lille em Toulouse (2-0)
Alexsandro fez o primeiro golo do Lille em Toulouse
Alexsandro fez o primeiro golo do Lille em Toulouse
Lille
A formação orientada por Paulo Fonseca conseguiu um importante triunfo na deslocação a Toulouse, ascendendo, ainda que à condição, ao quinto lugar do campeonato francês.

Em jogo da 28.ª jornada da Ligue 1, o Lille apresentou-se no reduto do Toulouse com José Fonte e André Gomes no onze, em busca do regresso aos triunfos depois de dois empates da prova. Angel Gomes, ex-Boavista, e Alexsandro, que trocou o Chaves pelo emblema francês, foram também titulares.

Recorde as incidências do jogo.

Num duelo nem sempre bem disputado, foi dos locais o primeiro lance de perigo. Pouco depois da meia-hora de jogo, Thijs Dallinga recebeu a bola na sequência de um pontapé de canto pela esquerda do ataque e disparou desde a entrada da área, com o remate a desviar no poste da baliza à guarda de Lucas Chevalier.

Com domínio repartido, foram raras as oportunidades claras de golo num encontro em que o empate parecia teimar impor-se.

Contudo, o Lille acabou mesmo por chegar à vantagem, tendo sido preciso esperar pelo minuto 86 para que o marcador mexesse. Edon Zhegrova, chamado a cobrar um canto pela direita, colocou a bola com conta, peso e medida na área, onde surgiu Alexsandro que, de cabeça, deu vantagem aos comandados de Paulo Fonseca.

Na resposta, Vincent Sierro obrigou Chevalier a excelente intervenção e, logo de seguida, Rafael Ratão chegou ligeiramente atrasado a um cruzamento desde o lado direito, falhando o desvio que podia dar a igualdade.

Com toda a equipa balanceada na frente, o Toulouse procurava um ponto, mas ao décimo minuto de descontos - o período foi prolongado devido a lesão de Timothy Weah, que saiu de maca -, Mohamed Bayo recuperou a bola em zona perigosa, aproveitando erro defensivo contrário, e fechou a contagem com um potente remate, confirmando os três pontos para o Lille, que sobe ao quinto lugar e fica a aguardar pelo resultado do Rennes, agora sexto classificado.